Sistema de gestão (1 de 5)

Publicado em 05/07/2015 às 12h41

Tenho recebido questionamentos  sobre o funcionamento da Alto Buritis e logicamente, não tem como responder de maneira  simples. Cada vez mais uma fazenda, seja lá de que tamanho for e o que quer que produza, tem um funcionamento complexo e precisa ser administrada de forma profissional, como qualquer outra empresa. Qualquer pequena propriedade rural, mesmo familiar, com certeza já possui algum controle e gera alguns  números relacionados a atividade. E aí não tem mais volta, quem inicia com algumas anotações,  logo percebe as vantagens e o que se segue é o incremento gradual dos controles.

O que se tem então após um certo nível de sofisticação,  é  um conjunto de normas, programas, procedimentos e controles que nortearão os passos  para atingir os objetivos  definidos no planejamento estratégico da empresa. Cabe a gestão racional , baseada nos dados e indicadores  gerados  a otimização do funcionamento da empresa  em busca de eficiência, em outras palavras, em busca do máximo resultado usando os recursos disponíveis sem desperdício e com responsabilidade.

Outro fator muito importante que leva a recomendar fortemente a investir nesse tema é a diferenciação competitiva entre as empresas, já que muitas vezes ela é transferida dos produtos para aspectos relacionados ao sistema de gestão.

Para tentar explicar como funciona a fazenda, oportunamente vou mostrar  nosso sistema de gestão, que é subdividido em quatro subsistemas. Gestão ambiental; Gestão social; Gestão da qualidade e segurança alimentar e Gestão administrativa e financeira.

Outros produtores que eventualmente estão consultando esse material a título de obter subsídios para implantação ou incremento de seu sistema, não devem se impressionar pela aparente complexidade. Minha dica é que  o sistema seja construído aos poucos. O importante é que haja reflexão e discussão sobre cada aspecto a ser definido tendo em vista os objetivos, no prazo e no tempo certo, sem atropelos, mesmo porque, um sistema de gestão nunca estará pronto. Ele deverá se adaptar as novas diretrizes  dadas pelo planejamento e atender aos novos requisitos ambientais e sociais  defendidos pela legislação e instituições as quais a empresa optou por atender além de ouvir sugestões de colaboradores e outros.

Categoria: Gestão
Tags: controle, diferencial, diretrizes, fazenda, gestão, planejamento, sistema, sistema de gestão

Enviar comentário

voltar para Blog Café

left tsN fwR uppercase b01n bsd show|tsN center normalcase show bsd b01ns fwB|fwR uppercase b01ns bsd center hide|bnull||image-wrap|news login uppercase c10 sbse|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase bsd c10 b02ne|tsN fwR uppercase c10 sbse|fwR uppercase bsd b01|content-inner||