Mais um ano livre da broca do café.

Publicado em 07/03/2015 às 16h12

É um fato tão positivo para os propósitos de produzir de forma cada vez mais sustentável, que não pude deixar de mostrar aqui.

A broca é um minúsculo besouro que tem causado enormes prejuízos e preocupações no Brasil desde o início do século passado, e aqui na fazenda ela já foi um problema.

Mas como dá pra ver no gráfico, a alguns anos sua presença tem diminuído de forma consistente a ponto de não precisarmos usar nenhum defensivo nas últimas duas safras.

Alguns fatores podem estar relacionados com isso: A redução de chuvas nesse período, já que a broca prefere ambientes mais úmidos e um sistema ecologicamente mais equilibrado com redução no uso de defensivos químicos, eliminação em alguns casos ou uso de produtos mais seletivos, aumentando assim a biodiversidade dentro da lavoura, o que é uma situação pra lá de desejada e que temos que preservar.

Fazer um monitoramento adequado para a necessidade de controle não deve ser muito comum entre os produtores. A minha dica é adotar um método desenvolvido pela Epamig que considero simples e eficaz e consiste numa planilha (com as instruções) que pode ser baixada na aba "Downloads". Dessa forma substituímos  o "achômetro" por um método científico, que na Alto Buritis tem funcionado muito bem.

Categoria: Café
Tags: broca, café, Epamig, monitoramento

Enviar comentário

voltar para Blog Café

left tsN fwR uppercase b01n bsd show|tsN center normalcase show bsd b01ns fwB|fwR uppercase b01ns bsd center hide|bnull||image-wrap|news login uppercase c10 sbse|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase bsd c10 b02ne|tsN fwR uppercase c10 sbse|fwR uppercase bsd b01|content-inner||