Flora (1) - Tesouros do cerrado

Publicado em 31/05/2015 às 11h18

Nasci e cresci mais ao sul do Brasil, numa área originariamente de mata atlântica, e desde muito cedo fazia incursões em áreas mais remotas e ainda sem fortes impactos pela atividade humana. Foram muitas aventuras pela serra do Japi em Jundiaí (SP), em florestas e cavernas na região de Capão Bonito (SP), além das incansáveis buscas por praias desertas em boa parte do litoral, especialmente no estado de São Paulo, desde Ilha Comprida no sul até Ubatuba no norte, e é claro que o bioma mata atlântica sempre me fascinou.

Mais tarde conheci o cerrado e me impressionou muito a diferença entre o que conhecia e estava acostumado e as árvores normalmente baixas, tortuosas e esparsas que compunham  essa nova paisagem. Somente mais recentemente, durante a formação da Alto Buritis é que acabei compreendendo de verdade as diferenças entre os vários biomas e o papel vital que cada um e o conjunto desempenham para a manutenção da vida no planeta, inclusive a nossa.

Aprendi a admirar o cerrado pela enorme biodiversidade, pelos diferentes ambientes que se adaptam a altitude e a disponibilidade de água, pelas flores que são abundantes em qualquer época do ano, e também pelo fato de haver áreas em que a floresta é alta e densa como na mata atlântica. Algumas plantas surpreendem ainda mais, veja o tronco da foto maior, que até o início do período chuvoso mais parecia um mero pedaço de pau sem vida, e de repente renasce em uma explosão de vida.

A fazenda Alto Buritis possui uma área preservada de mais de 500 mil metros quadrados que em conjunto com outras áreas vizinhas, várias nascentes e o córrego Buritis que passa bem no meio, forma uma reserva importante na região. Como sou fotógrafo de fim de semana, conforme for conseguindo boas fotos, vou postar aqui com informações adicionais sobre a fauna e flora dessa reserva. Espero que apreciem.

Categoria: Fauna e flora
Tags: alto buritis, cerrado, diversidade, flora, mata atlântica, reserva natural

Enviar comentário

voltar para Blog Café

left tsN fwR uppercase b01n bsd show|tsN center normalcase show bsd b01ns fwB|fwR uppercase b01ns bsd center hide|bnull||image-wrap|news login uppercase c10 sbse|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase bsd c10 b02ne|tsN fwR uppercase c10 sbse|fwR uppercase bsd b01|content-inner||